Bamberg: dicas da terra da cerveja defumada

Última atualização em

Dicas da charmosa Bamberg, cidade com centro histórico patrimônio da Unesco

Muita gente já deve ter ouvido falar desta cidadezinha aqui na Baviera por causa da sua forte cultura à cerveja, em especial aquela que atrai a curiosidade do paladar de muitos, a cerveja defumada, a Rauchbier. Mas Bamberg vai além das cervejas!

Bamberg fica na região da Francônia, no estado da Baviera, a cerca de 240 km de Munique, 61 km de Nuremberg e 97 km de Würzburg, que é a primeira cidade da Rota Romântica sentido sul da Alemanha.

Bamberg-Entrada-Centro-Historico

Jardim Geyerswörth, em frente ao centro de informação turística

Para um bate-volta a partir de Munique as melhores formas de ir é de carro ou de trem, utilizando o trem ICE – trem de alta velocidade, totalizando 2 horas de viagem via Nuremberg. O trem regional a partir de Munique totaliza mais de 3 horas de viagem, não compensando. A desvantagem de ir de carro no bate-volta é não poder beber as cervejas locais.

Recomendo muito uma noite em Bamberg! Se você não quiser fazer bate-volta a partir de outras cidades, vale a pena conferir estes hotéis 🙂

Welcome Hotel Residenzschloss Bamberg | City Hotel Bamberg | Hotel Europa | Tandem Hotel | Altstadtpalais im Sand

Para quem tiver mais tempo de viagem, se dedicando a conhecer a região da Baviera, aí vai uma super dica de um roteirinho: combine Bamberg com as cidades Nuremberg e Regensburg, separe uns 3 dias para estas cidades. São bem próximas e lindas.

Bamberg-Stolpersteine-Alemanha

Ruas de Bamberg e os Stolpersteine, para lembrar dos judeus aprisionados no 3. Reich

Bamberg possui cerca de 80.000 habitantes e teve os seus primeiros registros datados do ano de 902 e habitada por monges beneditinos, assim como Munique. A influência do catolicismo também é bem forte e marcada na cidade: igrejas, uma catedral, mosteiros e conventos, construções antiquíssimas e bem conservadas, que não passam desapercebidas.

Bamberg-Catedral-Dom

Obere Pfarre, Paróquia superior de Bamberg

Bamberg-Dom-Catedral-2

Dom, Catedral de Bamberg

Parte do centro histórico da cidade é conhecido como Pequena Veneza, pelos seus canais e pontes. Bamberg é cortada por um rio chamado Regnitz, afluente do rio Main, deixando a cidade ainda mais charmosa. As pontes nos arredores da antiga Prefeitura são um verdadeiro ponto de encontro dos jovens.

Bamberg-Pequena-Veneza

Pequena Veneza

Bamberg-Ponte-Point

Untere Brücke, super badalada

Bamberg-Antiga-Prefeitura

Antiga Prefeitura

Em Bamberg há também um palácio imperial, a Residência da corte, Bamberger Residenz, que hoje está passando por algumas reformas, com um jardim chamado Rosengarten, de onde se tem uma vista linda da cidade, incluindo o Mosteiro de St. Michael (que não visitamos nesta vez).

Bamberg-Residenz-Palacio

Residência de Bamberg

Bamberg-Michaelberg-Mosteiro

Mosteiro de St. Michel ao fundo, visto do jardim Rosengarten

Voltando ao papo cervejas, em Barmberg são mais de 300 cervejarias. É a cidade com maior densidade de cervejarias por número de habitantes do mundo! Nossa parada para almoço foi na Aecht Schlenkerla Rauchbier, fundada em 1405, considerada o estabelecimento mais importante da cidade. Foi lá que tudo começou com a cerveja defumada e além de ser a cervejaria mais premiada do mundo. Há um dizer na cidade que fala: quem não experimentou a “Schlenkerla Rauchbier”, não pode afirmar que esteve em Bamberg. E é bem por aí.

Bamberg-Schlenkerla-Rauchbier

Na tradicional Schlenkerla

O nome dessa cervejaria tem uma origem engraçada: o mestre cervejeiro que produzia a Rauchbier era manco, que em alemão andar se balançando, se sacolejando chama-se schlenkern, ficando assim a cervejaria conhecida como Schlenkerla, apelidada assim pelo povo. Para quem tiver curiosidade em saber um pouquinho mais sobre a cervejaria e sua tradição, leia mais no site oficial da cervejaria em português.

Fomos super cientes que por ir a um lugar tão tradicional, gastaríamos uma quantia também mais considerável. Para a nossa surpresa (até postei no dia no snapchat), o preço é muito camarada para o padrão de qualidade e serviço que oferecem! Uma Rauchbier de 500 ml (direto do barril) custa 2,80 euros (preço de uma água no centro histórico em Munique). E a nossa pedida foi joelho de porco no molho de cerveja (Bierhaxn). De comer rezando!

Caso você queira apenas provar a cerveja e não queira se sentar no restaurante, não se preocupe, você pode comprar a cerveja em um caixa separado e beber no Biergarten ou até mesmo na rua da cervejaria, que é um point de bares e restaurantes. Aliás, boas opções de cervejaria na cidade não faltam.

Bamberg-Cervejaria

Schlenkerla do lado de fora

Chegando na cidade, fomos ao centro de informações turísticas pegar um mapinha para nos orientar na cidade. O mais legal é se perder pelas ruas! Eu havia separado alguns lugares que queria conhecer e muitos outros surgiram passeando sem destino no centrinho da cidade.

Bamberg-Casinhas

Residências perto da Catedral

Bamberg-Ruas-Casas

Pelas ruas de Bamberg

E por isso, este post fiz um pouco diferente. Não escrevi sobre os lugares exatos que visitei, mas nas legendas das fotos diz por onde passeamos e recomendamos uma passadinha. Espero que curtam. 🙂

Fonte das informações históricas e estatística deste post: material recebido do centro de informações turísticas da cidade

Bamberg-Casas-Enxaimel

Planeje a sua viagem conosco!

O blog Destino Munique faz parte de programas de afiliados e usando os links a seguir, você coopera conosco SEM nenhum custo adicional na sua viagem, conseguindo ótimos preços e até mesmo descontos.

Hospedagem em Bamberg: reserve no Booking.com e aproveite as melhores ofertas de preços!

Seguro Viagem: garanta 5% de desconto na Seguros Promo usando o código DESTINOMUNIQUE5. Lembre-se: seguro viagem é OBRIGATÓRIO na Europa!

Aluguel de carro: alugue o seu carro na Rentcars garantindo as melhores formas de pagamento do mercado!

Chip de internet: fique sempre online com a Viaje Conectado, com uma cobertura excelente em toda Europa.

Tickets antecipados para atrações: Através da GetYourGuide você garante visitar as principais atrações no dia desejado na sua viagem, sem perder tempo com filas, além de passeios exclusivos.

Um beijo, Camilian

Conheça o melhor de Munique com quem mora e é encantada pela cidade.

Conheça os nossos tours privativos e em português, apresentando Munique no melhor ângulo pra você!

Confira o que os nossos viajantes contam sobre suas experiências em Munique & arredores conosco em depoimentos

Tours-Destino-Munique-Guia

Podemos te ajudar? Para dúvidas deixe o seu comentário abaixo e para orçamentos escreva um e-mail pra gente!

www.destinomunique.com.br


Saiba mais
Ilha Mainau, a ilha das flores na Alemanha

Ilha Mainau, a ilha das flores no Lago Constança

Malta com crianças, dicas, verão europeu

Malta no verão com crianças: dicas

Castelos e palácios em Munique, na Alemanha, Dicas, guia brasileira em Munique

10 castelos e palácios para visitar em Munique e arredores

Encontro Europeu de Brasileiros Blogueiros em Madrid, VEEBB

VEEBB: como foi o encontro da blogosfera brasileira na Europa em 2018

Augsburgo, dicas, Rota Romântica, Augsburg, Guia brasileira na Alemanha

Rota Romântica: Augsburgo, umas das cidades mais antigas da Alemanha

Tours mercados de natal em português e privativos Destino Munique

Mercados de Natal no sul da Alemanha – Baviera 2018


Comentários

Mariana

29/07/2019

Querida, seu blog esta sendo de super utilidade para programarmos nossa rota romântica em Outubro próximo. Pretendo retribuir fazendo as reservas pelos links do site!
Uma dúvida: vc acha que é factível não dormir em Bamberg? Explico: Vamos começar a viagem pela Alemanha em Berlim, para visitar uns amigos. Aí vamos começar a rota romântica, mas por influência de um tio resolvemos incluir Bamberg antes de começar Wurzburg. Estou pensando em sair de Berlim até Bamberg (trem), passar o dia na cidade, e depois ir a Wurzburg dormir, e no dia seguinte começar a rota.
O que acha? Obrigada por tudo!!!

    Destino Munique

    01/08/2019

    Olá Mariana!
    Fico imensamente FELIZ que as dicas estejam ajudando-a 🙂 E agradeço imensamente por contribuir conosco 🙂
    Vale muito a pena visitar Bamberg! Se você tem esta possibilidade, aproveite 🙂 E lá é bem conectado via trem com Wurzburg 🙂 posteriormente seguindo a Rota Romântica.
    🙂