Rota dos Alpes na Alemanha: dicas

Última atualização em 28 de novembro de 2019 by Destino Munique

A Rota dos Alpes (em alemão Deutsche Alpenstraße) é uma rota belíssima seguindo montanhas, alpes e lagos na região sul da Alemanha, sendo a rota de férias mais antiga visitada pelos alemães. Além das paisagens naturais, são mais de 25 castelos, antigas fortalezas e mosteiros nesta rota.

A cultura bávara é algo bem forte e bacana para se vivenciar na Rota dos Alpes. Repleto de paisagens rurais e pequenas vilas, o clima de interior é sentido em cada trecho deste roteiro.

É comum se deparar com as fotogênicas vaquinhas da marca de chocolate Milka, com os moradores locais vestidos com os famosos trajes típicos da região, ver mosteiros antiguíssimos que ainda comercializam a sua própria cerveja e provar os sabores locais em estabelecimentos familiares de própria produção, como queijarias.

Rota-dos-Alpes-Tegernsee

O lago Tegernsee no verão – a tradição das roupas típicas bávara no dia a dia

Sem dúvidas é uma opção incrível para fazer parte de suas férias na Alemanha. Algumas informações que podem ser úteis no planejamento deste roteiro 😉

1 – Qual a melhor opção de transporte para a Rota dos Alpes?

Por experiência própria, a melhor opção é alugar um carro com GPS. São 450 km de estrada pela Deutsche Alpenstraße. Por ser uma região de montanhas, pode ser que a internet falhe em algum momento, dependendo da operadora, perdendo o sinal para o uso de Google Maps, por exemplo.

As cidades maiores também são conectadas por trem, mas dependendo do tempo que você tenha de viagem, pode ficar bem apertado o roteiro, pois nestas cidades os trens tem um espaço maior de tempo entre um e outro.

No verão, há muitas pessoas que fazem este trajeto de moto e bicicleta.

 

Rota-dos-Alpes-Alemanha-1024x333

Rota dos Alpes (fonte)

2 – Como incluir a Rota dos Alpes no meu roteiro?

Uma combinação boa para incluir esta rota no seu roteiro é fazendo com a Rota Romântica (a partir de Füssen/Schwangau), ou vindo da Suíça ou da Áustria (veja o mapa acima).

O sentido de começar/terminar tanto faz, ajuste de acordo com a logística de sua viagem. Se você estiver vindo de Zurique ou da Floresta Negra, por exemplo, comece por Lindau.

Rota-Alpes-Schliersee

O Lago Schliersee no outono

3 – Não tenho tempo para fazer apenas este roteiro, mas gostaria de conhecer apenas algumas cidades. Posso fazer bate-volta a partir de Munique?

Você tem a opção de escolher algumas cidades mais famosas e de fácil acesso para fazer bate-volta a partir de Munique, caso não deseje fazer a rota e sim conhecer algumas cidades dela.

Reserve conosco! Conheça as cidades mais belas da Rota dos Alpes conosco em um bate-volta de carro a partir de Munique! Contato via [email protected]

Neste caso, fazer de trem é uma boa opção, quando há uma boa conexão de trem a partir de Munique.

Leia também: bate-volta a partir de Munique

Ettal e a sua bela Abadia

Mittenwald: a cidade dos violinos

Oberammmergau: a cidade da paixão de Cristo

Palácio Linderhof

Zugspitze – o topo da Alemanha

Schwangau e o castelo Neuschwanstein

Lago Chiemsee e o Palácio Herrenchiemsee

Passeio de barco no Lago Königssee 

Lago Tegernsee

Desfiladeiro Partnachklamm em GaPa

4 – Quanto tempo reservar para um roteiro na Rota dos Alpes?

5 dias pelo menos, pois em algumas cidades, como Füssen, Ettal, Garmisch-Partenkirchen e Schönau am Königssee você passará maior parte do dia por terem mais atrações (castelo Neuschwanstein, Palácio Linderhof, Zugspitze, Ninho de Águia e Lago Königssee).

Rota-dos-Alpes-Berchtesgaden

Berchtesgaden: Schönau am Königssee & Ninho de Águia

5 – Qual a melhor época para fazer a Rota dos Alpes?

As estações mais bonitas e agradáveis seriam a primavera, quando você ainda tem neve no topo das montanhas dando aquele toque a mais na paisagem, com a temperatura mais agradável, e no outono, nos meses de setembro e outubro, quando você tem a explosão de cores da estação.

Rota-dos-Alpes-Ettal

O outono em Ettal & Oberammergau

Se você curte o inverno e o frio não é um problema, um possível empecilho é a neve, pois possivelmente você pegará trechos com neve na estrada e a questão de ter a segurança em dirigir nestas condições. Nas cidades que tem estações de esqui nas montanhas, os hotéis encarecem e lotam rápido nesta estação.

Já no verão, altíssima estação, esta rota é um destino escolhido pelos alemães para férias, e também os hotéis encarecem bastante, porém você tem dia mais longos, possibilidade de se refrescar nos lagos da região, fazer caminhadas nas montanhas e curtir os Biergartens com os locais 🙂

Esta rota é para apreciar as paisagens e relaxar, fazer paradas entre as cidades onde você achar bonito 😉

6 – Onde se hospedar na Rota dos Alpes? Quais são as cidades recomendadas para se hospedar?

As cidades mais famosas com melhor estrutura de hotéis e restaurantes são:

Lindau

Füssen

Oberammergau

Garmisch-Partenkirchen

Mittenwald

Bad Tölz

Tegernsee

Berchtesgaden

Schönau am Königssee

Porém lembre-se que estamos falando de vilarejos, logo não são cidades com vida noturna badalada, por exemplo. Atente-se ao horário de funcionamento dos estabelecimentos, principalmente na baixa temporada.

Rota-dos-Alpes-Lindau

Lindau e o Lago Constança (Bodensee) no inverno

7- Há pedágios nesta rota?

Não há pedágios na rota.

Espero que curta mais uma opção de destino para suas férias no sul da Alemanha 😉

Rota-dos-Alpes-Zugspitze

Zugspitze no inverno – a montanha mais alta da Alemanha, na região de Garmisch-Partenkirchen

Confira também  tudo sobre a Rota Romântica 😉

Rota Romântica na Alemanha: um guia completo para sua viagem!

Würzburg: dicas da primeira cidade da rota romântica sentido Alpes

Rota Romântica: um dia em Rothenburg

Dinkelsbühl: uma jóia na Rota Romântica

Rota Romântica: Landsberg am Lech

Castelo Neuschwanstein em Schwangau

Fontes deste post:

Deustche Alpenstraße – site oficial da rota

Créditos da foto destacada:

Touristikverein Deutsche Alpenstraße através do jornal Spiegel.de

Planeje a sua viagem conosco!

O blog Destino Munique faz parte de programas de afiliados e usando os links a seguir, você coopera conosco SEM nenhum custo adicional na sua viagem, conseguindo ótimos preços e até mesmo descontos.

Hospedagem em Munique: reserve no Booking.com e aproveite as melhores ofertas de preços!

Seguro Viagem: garanta 5% de desconto na Seguros Promo usando o código DESTINOMUNIQUE5. Lembre-se: seguro viagem é OBRIGATÓRIO na Europa!

Aluguel de carro: alugue o seu carro na Rentcars garantindo as melhores formas de pagamento do mercado!

Chip de internet: fique sempre online com a Viaje Conectado, com uma cobertura excelente em toda Europa.

Tickets antecipados para atrações: Através da GetYourGuide você garante visitar as principais atrações no dia desejado na sua viagem, sem perder tempo com filas, além de passeios exclusivos.

Um beijo, Camilian


Saiba mais
Schilersee, Sul da Alemanha, bate-volta de Munique, dicas

Schliersee: um lindo destino na Rota dos Alpes

Partnachklamm, dicas para visitar, Garmisch-Partenkirchen, Partnach Gorge

Desfiladeiro Partnachklamm: uma atração incrível em GaPa

Tours mercados de natal em português e privativos Destino Munique

Mercados de Natal no sul da Alemanha – Baviera 2019

Castelos e palácios em Munique, na Alemanha, Dicas, guia brasileira em Munique

10 castelos e palácios para visitar em Munique e arredores

Augsburgo, dicas, Rota Romântica, Augsburg, Guia brasileira na Alemanha

Rota Romântica: Augsburgo, umas das cidades mais antigas da Alemanha

Palácio Dachau, Schloss Dachau, Dicas, Alemanha, Baviera, Munique

Palácio Dachau: saindo da rota turística


Comentários

nathana

18/03/2020

Ola! Consigo encontrar neve nos alpes alemães inicio de outubro?

    Destino Munique

    21/03/2020

    Olá Nathana,
    Depende muito de como foi o verão…

Verônica Berkenbrock

19/11/2019

Olá, boa noite!
Dos meses entre março e maio, qual seria melhor para realizar a viagem aos Alpes Alemães?

    Destino Munique

    19/11/2019

    Maio 🙂

Luiz Gustavo Viera Rodrigues

28/07/2019

Boa tarde
Estou programando uma viagem a Alemanha em Abril. A Princípio seria :
Wurtzburgo
Rothenburg
Augsburg
Lindau
Fussen
Garmisch-Partenkirchen
Innsbruck
Bad Wiese
Schönau am Königssee
Munique 3 noites

Minha dúvida é se realmente vale a pena sair da rota alpina em Garmisch-Partenkirchen para ir à Innsbruck e passar uma noite la ou se ideal seria continuar na rota alpina até Bad Wiesse e talvez passar uma noite Em Salzburg ou uma noite a mais em Munique …O que acha ?

    Destino Munique

    01/08/2019

    Olá Luiz,
    Se for para incluir uma desta duas cidades austríacas, incluiria Salzburgo, até pela proximidade de Berchtesgaden / Schönau am Königssee.
    Se você tiver poucos dias em Munique, vale a pena “esticar” a estadia na cidade 😉
    Mas nenhuma das escolhas será “errada”, pode ter certeza 🙂